Saúde

Ministério confirma problemas nos computadores da saúde

Exames sem papel bloquearam o sistema, nomeadamente nos centros de saúde.

Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), que gerem os sistema informáticos do Serviço Nacional de Saúde, confirmam "que nos últimos dias ocorreram alguns problemas nos sistemas de informação centrais do Ministério da Saúde que provocaram, em alguns momentos, instabilidade".

A entidade tutelada pelo governo esclarece à TSF que de facto existiu um "condicionamento o trabalho dos profissionais e das instituições de saúde sobretudo nos cuidados primários" como os centros de saúde.

Os maiores problemas foram "na prescrição de meios complementares de diagnóstico e terapêutica, resultante do crescimento exponencial dos exames sem papel", com os SPMS a admitirem que são precisas "alterações e melhorias constantes nos sistemas de informação para garantir o crescimento sustentável deste projeto".

Os serviços garantem que há equipas técnicas "no terreno" à procura das "melhores soluções de modo a reduzir o impacto nas unidades de cuidados saúde primários, sendo que as maiores dificuldades acontecem onde as redes informáticas têm mais de 15 anos e os computadores versões Windows XP e Windows 7, "sendo conveniente o upgrade pelas Administrações Regionais de Saúde".

Recorde-se que os problemas informáticos na saúde são frequentes, mas agravaram-se nos últimos dias como noticiou a TSF esta manhã.

  COMENTÁRIOS