Serviço Nacional de Saúde

Ministério da Saúde vai distribuir "dez mandamentos da cibersegurança"

Serviços responsáveis pela informática do Serviço Nacional de Saúde querem acabar com comportamentos negligentes de médicos, enfermeiros e outros funcionários.

"Não introduzirás pens alheias no PC de trabalho", nem o "deixarás desbloqueado mesmo entre amigos ou colegas" ou " partilharás passwords". Estes são três daqueles a que os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) chamam os "Dez mandamentos da cibersegurança" que serão distribuídos nos próximos meses a médicos, enfermeiros e outros trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A medida passa por distribuir 10 mil folhetos ou autocolantes com os "dez mandamentos" e será anunciada esta terça-feira num congresso europeu sobre a segurança dos dados de saúde que se realiza em Lisboa.

O presidente dos SPMS, que gere a informática do SNS, justifica e diz que a área onde têm de investir mais é na formação de quem mexe nos computadores.

Henrique Martins defende que quem trabalha na saúde não é propriamente menos cuidadoso que noutras áreas, mas o problema é que há cada vez mais dados sobre a saúde dos portugueses estão guardados nos computadores.

A meta da entidade tutelada pelo Ministério é que cada pessoa que trabalhe no Serviço Nacional de Saúde cole os "dez mandamentos" no computador de trabalho.

Henrique Martins recorda que descobriram que algumas pessoas colavam a password num post-it ao lado do ecrã, uma falha grave de cibersegurança, pelo que a ideia é que substituam esse post-it com os dez mandamentos.

Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde sublinham que além da privacidade dos dados dos portugueses, qualquer falha nos dados informáticos da saúde pode por mesmo em causa os cuidados, recordando que foi isso que aconteceu em maio num ataque aos sistema de saúde inglês que impediu os hospitais de darem os melhores cuidados e com toda a informação necessária aos doentes.

"Os dez mandamentos da cibersegurança" a divulgar pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde:
- Não introduzirás pens alheias no PC de trabalho.
- Não deixarás o teu PC desbloqueado mesmo entre amigos ou colegas.
- Não esquecerás os backups e apostarás na redundância.
- Não esquecerás o antivírus.
- Não cobiçarás o phishing alheio.
- Assumirás o papel de melhor linha de defesa contra os ciberataques.
- Não desejarás trabalhar fora e ambientes e redes seguras.
- Não partilharás passwords e códigos de acesso.
- Amarás as medidas segurança sobre todas as coisas.
- Não procrastinarás as atualizações, mesmo aos domingos e feriados.

  COMENTÁRIOS