Ministério da Saúde avalia qualidade da droga em festival de música

Em defesa da saúde e para evitar o consumo de substâncias adulteradas, o Boom Festival vai ter uma equipa, que faz parte do Ministério da Saúde, a avaliar a qualidade e pureza da droga consumida.

Os 35 mil visitantes esperados no Boom Festival, que começa no domingo em Idanha-a-Nova, podem recorrer a um espaço no interior do recinto para testar a qualidade das substâncias psicotrópicas que pretendam usar, segundo noticia o Correio da Manhã desta quinta-feira.

Os testes serão realizados pelo Serviço de Intervenção de Comportamentos Aditivos e nas Dependências, o SICAD, um serviço central do Ministério da Saúde. O objetivo é despistar o uso de substâncias adulteradas.

Em declarações à TSF, Luís Mendão, do Grupo de Ativistas em Tratamento, aplaude a iniciativa e não tem dúvidas de que este é um serviço em defesa da saúde pública.

"Faz sentido e há muito que o GAT defende a criação deste serviço. No uso de substâncias psicoativas há vários riscos envolvidos como a adulteração de substâncias. Faz parte das práticas recomendadas pelas organizações internacionais de saúde a oferta de um serviço que disponibiliza a testagem para garantir a qualidade da substância consumida."

Luís Mendão sublinha que este é um festival onde todos sabem que há muito consumo de drogas e é melhor enfrentar a realidade. "O não intervir é tapar o sol com a peneira. O mesmo raciocínio que aplicamos em 1993 com o programa de troca de seringas tem que ser utilizado aqui, é um fenómeno que existe, tem riscos e a proibição não ajuda em nada. É uma medida que ajuda na redução de riscos."

O dirigente do Grupo de Ativistas em Tratamento defende mesmo que este serviço que testa a qualidade das drogas devia realizar-se em todos os festivais.

A equipa do Serviço de Intervenção de Comportamentos Aditivos e nas Dependências é constituída por 30 voluntários, onde se incluem psicólogos e médicos.

Em 2016, morreram duas pessoas no Boom Festival devido ao consumo de drogas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de