ministra administração interna

"Ainda não é o momento" para remodelação na Proteção Civil

Constança Urbano de Sousa reitera que, para já, o segundo comandante da Proteção Civil vai continuar a exercer funções interinamente.

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, afirmou, esta sexta-feira, que "ainda não é o momento" de falar sobre uma remodelação na Proteção Civil, após o comandante nacional ter já abandonado o cargo.

"Ainda não é o momento para estarmos a falar sobre isso. O comandante nacional pediu a sua exoneração, a qual foi aceite. Neste momento temos o segundo comandante a assumir interinamente as funções de comandante nacional e, no seu momento, serão tomadas as devidas decisões", disse.

A ministra, que falava aos jornalistas em Portalegre à margem da cerimónia de Compromisso de Honra dos guardas provisórios da GNR, disse que ainda "não há novidades" em relação aos relatórios sobre os incêndios florestais.

"Neste momento ainda não há novidades, temos uma investigação de natureza criminal que segue o seu curso, há uma série de relatórios que ainda estão para ser entregues, nomeadamente da comissão independente criada no seio da Assembleia da República, que será entregue, previsivelmente, em outubro e os relatórios que eu pedi também ainda não foram entregues", acrescentou.

De acordo com a governante, quando os relatórios forem entregues "serão analisados e serão, naturalmente, divulgados".

"O relatório final do Instituto das Telecomunicações será entregue no final do mês e no mês de outubro o estudo do professor Xavier Viegas [da Universidade de Coimbra sobre o incêndio de Pedrógão Grande]. São, naturalmente, públicos", acrescentou.

  COMENTÁRIOS