Oliveira de Azeméis

Bombeiros de Lisboa a caminho de Oliveira de Azeméis. Vento abrandou, mas noite será "difícil"

Incêndio lavra desde as 3h30 desta terça-feira.

O combate ao incêndio que lavra há horas em Oliveira de Azeméis vai ser reforçado, na noite desta terça-feira, com bombeiros do distrito de Lisboa, que já estão a caminho do local.

PUB

Em Vilarinho de São Luís, já estão mais de 400 operacionais e 123 viaturas, sendo que, com o cair da noite, os aviões que estavam no local deixaram de poder operar.

À TSF, o presidente da câmara de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge Ferreira, explicou que o vento no local já abrandou e que o combate está a evoluir favoravelmente.

"As previsões que tínhamos em relação à velocidade do vento não se estão a verificar, pelo menos com a gravidade que temíamos. Neste momento, olhamos para o incêndio com um pouco mais de tranquilidade, sendo certo que vamos ter uma noite difícil pela frente, com uma atividade muito intensa. Todos os meios instalados no terreno vão estar atentos e empenhados no combate e controlo do incêndio, é evidente que estamos um pouco mais tranquilos", reconheceu.

O cenário vivido durante o dia foi, no entanto, muito intenso. Joaquim Jorge Ferreira explica que esta foi uma terça-feira "de muito trabalho, muitos focos de incêndio, reacendimentos constantes, necessidade permanente de deslocação de meios e ameaças a habitações, houve algumas em risco. Neste momento, a situação é muito mais tranquila. Vamos esperar que a noite permita que os nossos soldados da paz possam descansar um pouco".

Este incêndio está a lavrar numa zona de eucaliptal desde as 3h30.

LER MAIS:

- Fogo em Azeméis agrava-se com o vento e exigirá "particular atenção" à noite

  COMENTÁRIOS