Trazer turistas às águas nacionais. Portugal vai ter 15 estações náuticas certificadas

Alto Minho, Castelo de Bode, Lago de Alqueva ou Matosinhos. Do litoral ao interior, Portugal vai contar com 15 novas estações náuticas cerificadas.

Quinze estações náuticas vão ser, esta sexta-feira, certificadas pela Fórum Oceano - Associação da Economia do Mar. O objetivo é dinamizar estes territórios, valorizando os recursos e promovendo centros de excelência de turismo náutico.

Em declarações à TSF, António José Correia, coordenador de projetos da Fórum Oceano, explica que a ideia é criar uma rede de oferta turística náutica de qualidade, integrada numa rede europeia e atrair um turismo mais sustentável.

O conceito existe já noutros países, como França, Espanha ou Croácia.

Para já, Portugal vai contar com 15 estações náuticas, no litoral e no interior: Alto Minho, Aveiro, Avis, Baixo Guadiana, Castelo de Bode, Faro, Ílhavo, Lago de Alqueva, Litoral Cascais, Matosinhos, Murtosa, Oeste, Sines, Vagos, Vilamoura.

Nesta altura, há 43 municípios envolvidos no projeto, que contam com 500 parceiros, entre os quais três centenas de empresas.

O número de estações náuticas pode, no entanto, vir ainda a aumentar. António José Correia sublinha que Portugal é um país náutico, e que é importante aproveitar os recursos de que dispõe.

A cerimónia de certificação das estações náuticas, presidida pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, acontece esta sexta-feira, na Alfândega do Porto - na data em que se assinala o Dia Nacional do Mar.

A sessão fecha a 8.ª edição do Fórum do Mar, organizada em cooperação com a Galiza.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados