Tribunal de Contas quer contabilistas nas escolas

Uma auditoria do Tribunal de Contas revela vários problemas no tratamento das contas nas escolas portuguesas.

O Tribunal de Contas recomendou ao Ministério da Educação a integração de contabilistas no pessoal administrativo das escolas e agrupamentos, depois de ter realizado uma auditoria aos processos utilizados na contabilidade de mais de 800 escolas.

A auditoria teve por objetivo perceber se as regras de contabilidade do Estado estão ou não a ser bem aplicadas nas escolas.

Os resultados apontam para vários problemas no tratamento das contas, na inscrição de verbas nos mapas de contabilidade, em cada ano, e das despesas pagas pelas escolas à Parque escolar.

A auditoria concluiu que muitos destes erros acontecem porque há falta de pessoal especializado nas escolas, pelo que o Tribunal de Contas recomenda a contratação e formação de mais contabilistas para as escolas.

Outra das recomendações do Tribunal de Contas passa ainda por fazer chegar às escolas a descrição clara dos procedimentos a adotar em cada situação.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de