Lisboa, 16/04/2021 - Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação.   (Leonardo Negrão / Global Imagens)

Plano de recuperação: "É melhor ter uma mão com poucas coisas do que uma mão cheia de nada"

Bateu-se pela manutenção das escolas abertas. Perdeu e ganhou. Por momentos, pareceu isolado. Na véspera da abertura total dos estabelecimentos, o ministro da Educação assegura que "este confinamento correu verdadeiramente melhor do que o primeiro", explica a polémica do atraso na entrega de computadores e pede "realismo" em propostas como academias de verão e alterações no calendário escolar.