"Grandes líderes não há, mas os 'Mários' Soares aparecem quando são precisos"

"Grandes líderes não há, mas os 'Mários' Soares aparecem quando são precisos"

Aos 85 anos, o embaixador José Cutileiro lança um livro de memórias e crónicas chamado Inventário: Desabafos e Divagações de Um Cético. Diplomata, ateu, alentejano de Évora, português no mundo, viveu em três continentes, estudou Medicina, doutorou-se em Antropologia, dirigiu uma organização europeia, fez um plano de paz para a Bósnia, foi dos primeiros a ser recebido por Nelson Mandela quando o líder sul-africano saiu da cadeia. Hoje continua atento ao mundo e observa-o na TSF.

Coronavírus: fechar fronteiras "em abstrato" é uma possibilidade, mas não é eficaz

Coronavírus: fechar fronteiras "em abstrato" é uma possibilidade, mas não é eficaz

Do coronavírus ao Brexit, da Venezuela à guerra EUA-China, sem esquecer o que cá dentro, na política interna, também vai condicionando a política externa, são muitos e diversos os temas com que o nosso convidado tem de lidar todos os dias, sempre diplomaticamente porque os tempos de malhar na direita já lá vão ou pelo menos, por agora, estão suspensos. O nosso convidado desta semana da entrevista TSF/DN cumpre o segundo mandato como ministro dos Negócios Estrangeiros e é Augusto Santos Silva.