"No futuro não vamos precisar de carta de condução"

"No futuro não vamos precisar de carta de condução"

Os carros autónomos são "o único caminho" para se reduzir a sinistralidade nas estradas e a União Europeia tem de gastar dinheiro na mobilidade inteligente de uma forma "mais sensata" e "razoável". Estas foram algumas das ideias partilhadas por Alberto Fernandez Wyttenbach, líder do Segmento de Mercado do Transporte Rodoviário e Automóvel da Agência da União Europeia para o Programa Espacial, que acredita que no futuro ninguém terá carta de condução.