Novos guarda-rios vigiam poluição em Braga

A Câmara de Braga desafiou associações, juntas de freguesia, escolas e particulares a assumirem o papel de guarda-rios para ajudar a despoluir o Rio Este, que atravessa a cidade.

Trata-se do Projeto Rios, que começou em Espanha em 1997 e que a autarquia de Braga se associou este ano. São precisos 36 grupos de pessoas para cuidar dos 18 quilómetros do rio e já foram constituídos 25.

O projeto implica a realização de duas ações por ano para avaliação e monitorização da situação em que o troço do rio se encontra, assim como a realização de ações de limpeza.

Margarida Pereira, coordenadora da JovemCoop, uma associação juvenil de Braga, respondeu de imediato ao desafio. "Estamos a fazer uma segunda análise à água para comparar com os resultados da primeira. Recorremos a estas fitas que vêm com o Kit que nos foi fornecido para determinar, consoante a cor que nos indicar, a quantidade de nitratos, nitritos, o ph, os carbonatos, etc", explica.

Desta vez, a colheita revelou uma qualidade razoável da água mas nem sempre é assim. Com frequência há descargas ilegais e em alguns troços muito lixo acumulado. Joana Oliveira, outra das participantes, já retirou do rio "garrafas de cerveja e, sobretudo, muitos metais".

Cada um dos 25 grupos que já aderiram adotou um troço de 500 metros do Rio Este. São uma espécie de guarda rios que trabalham para devolver o rio à cidade, onde no passado muitos bracarenses aprenderam a nadar.

"Quando éramos novos vínhamos todos juntos na brincadeira pelo rio desde Santa Tecla até cá acima à levada", recorda Maria Aurora Cunha. Domingos Castro ainda se lembra de pescar no Rio Este, sobretudo "trutas que se escondiam nas pedras do rio", mas também "muitas enguias que até se enrolavam nas pernas quando estávamos a lavar no rio", acrescenta Maria Aurora.

Com o Projeto Rios agora em marcha, a autarquia de Braga pretende, desde logo, sensibilizar os cidadãos para a necessidade de proteção e valorização do rio, contribuindo ao mesmo tempo para a sua conservação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de