Literatura

Um dia dedicado a Agustina Bessa-Luís

Leitura de excertos de obras de Agustina Bessa-Luís e a exibição do filme "A corte do Norte", do realizador João Botelho, integram a programação desta quinta-feira do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, dedicado à escritora, que comemora 87 anos.

A escritora Agustina Bessa-Luís considera-se privilegiada por ter nascido a um domingo. «Dizem que as pessoas que nascem ao domingo tem o poder de prever o futuro», disse a escritora, pela voz da filha, Mónica Baldaque.

Com mais de 50 obras escritas, a autora de "Sibila” conta que sempre foi muito exigente consigo, devido à educação que recebeu da mãe, e confessa que desde os 15 anos soube que estava destinada a ser escritora.

Apesar da saúde já frágil, Mónica Baldaque afirma que a mãe continua a ser uma pessoa bem disposta e muito vaidosa.