Há mais gaivotas em terra

Há cada vez mais gaivotas nos telhados e jardins de cidades costeiras como Lisboa, Porto, Peniche, Setúbal ou Portimão e o fenómeno está a aumentar com a atual vaga de calor.

O fenómeno das gaivotas viverem cada vez mais nas cidades costeiras já se regista há cinco ou dez anos.

Ivan Ramirez, coordenador do programa Marinho Europeu e biólogo da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), explicou à TSF que a vaga de calor ajudou a acentuar o fenómeno. Mais calor significa mais insectos e para as gaivotas isso é sinónimo de mais comida disponível nas cidades.

Nos telhados das casas, no quintal ou nas ruas, são sobretudo as chamadas gaivotas de pata amarela que melhor se adaptam aos ambientes urbanos.

A Junta Metropolitana do Porto (JMP) chegou a celebrar, há cerca de um ano, um protocolo com o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), da Universidade do Porto, tendo em vista o controlo da população de gaivotas na região.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados