Religião

Antigo bispo do Porto perseguido pela República pode ser canonizado dentro de três anos

O antigo Bispo António Barroso, a par da leiga Sílvia Cardoso são dois católicos da Igreja portucalense propostos à canonização. O jornalista Manuel Vilas Boas falou com o atual Bispo do Porto sobre a importância destas e de outras figuras.

Dois enviados do Bispo do Porto ao Vaticano entregam, esta terça-feira, na Congregação para a Causa dos Santos, os documentos que a diocese recolheu para a introdução do processo de beatificação de dois católicos da Igreja portucalense.

São eles, Sílvia Cardoso, uma leiga de Penafiel, atenta às questões sociais no anterior regime e o missionário António Barroso, natural de Barcelos, antigo Bispo do Porto e exilado, por duas vezes, por Afonso Costa, Ministro da Justiça e do culto da Primeira República.

O jornalista Manuel Vilas Boas, especialista em assuntos religiosos, entrevistou D. António Francisco dos Santos, atual bispo do Porto, sobre a importância destas e de outras figuras a caminho dos altares.