Vida

Biografia de Sita Valles revela mulher que morreu de olhos abertos perante pelotão de fuzilamento

É esta segunda-feira lançado o livro da jornalista e escritora Leonor Figueiredo sobre a vida de Sita Valles, uma mulher importante, mas pouco conhecida na história, que morreu de olhos abertos perante um pelotão de fuzilamento.

Depois de assinar o livro «Ficheiros Secretos da Descolonização», a jornalista e escritora Leonor Figueiredo procurou tornar mais nítidos os contornos da vida e morte de uma polémica militante do PCP e MPLA.

“Sita Valles – revolucionária, comunista até à morte” é o título da obra, com edição da Alêtheia Editores que é lançado esta segunda-feira.

Sita Valles é uma personagem importante mas desconhecida na história contemporânea de Portugal e de Angola.

Segundo a jornalista Leonor Figueiredo, a ideia de escrever o livro surgiu numa conversa com os editores e "valeu a pena", pois "foi uma mulher extraordinária, independentemente da ideologia que a moveu".

Sita Valles nasceu em Angola, em 1951 - de ascendência goesa -, e viajou para Portugal em 1971 para frequentar o curso de Medicina em Lisboa.

«Até o 25 de abril, (Sita) foi muito importante no movimento estudantil universitário em Portugal», referiu.

A luso-angolana era líder estudantil na Faculdade de Medicina e militou também no Partido Comunista Português e na União dos Estudantes Comunistas.

«Entrevistei meia centena de pessoas que dizem que Sita foi uma organizadora extraordinária, uma líder daquelas que há poucas, uma pessoa notável», referiu ainda Leonor Figueiredo.

O livro começa com o fuzilamento de Sita Valles em Angola, em Agosto de 1977, acto que diz ter sido autorizado pelo Governo do MPLA (Movimento para a Libertação de Angola, no poder após a independência do país em 1975).

«Sita foi acusada de ser um dos cérebros da suposta tentativa de golpe de Estado realizado no dia 27 de Maio de 1977, mas estes factos nunca foram bem esclarecidos. Assim, eu apresento várias hipóteses do que teria acontecido», disse a escritora.