CCB: Acordo Ortográfico ainda não está em vigor, justifica Graça Moura

Vasco Graça Moura justificou que decidiu manter em vigor a velha ortografia no Centro Cultural de Belém (CCB), porque o Acordo Ortográfico ainda não está em vigor.

«O governo de [José] Sócrates aprovou uma resolução no ano passado, dando como estando em vigor uma coisa que não estava», justificou o novo presidente do CCB, lembrando que o acordo não está em vigor, porque ainda não foi aprovado por todos os países.

«Há muito tempo que eu tenho vindo a tentar persuadir quem de direito de todos os riscos desse infeliz instrumento chamado Acordo Ortográfico», disse, considerando que a Língua Portuguesa «está a ser agredida de uma maneira intolerável».

Graça Moura garantiu ainda que fará tudo para evitar a aplicação generalizada do Acordo Ortográfico, prevista para 2014.

«Não se consegue aplicar o Acordo Ortográfico» devido a «incompatibilidades» entre as línguas, que se reflectem entre conversores, que consagram apenas uma das hipóteses adoptadas, «em geral a pior», disse, frisando: «Isso viola o próprio Acordo Ortográfico, que é o absurdo elevado ao extremo».

A TSF tentou, sem sucesso, ouvir a Secretaria de Estado da Cultura a propósito da iniciativa do presidente do CCB.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de