madeira

Editora não consegue sala para lançar obra crítica de Jardim

A editora de um livro muito critico da governação de Alberto João Jardim está a sentir grandes dificuldades para encontrar um local onde possa apresentar a obra.

A apresentação chegou a estar marcada para a próxima terça-feira, mas o hotel que tinha aceitado acolher a iniciativa acabou por recuar.

Zeferino Coelho, da Caminho, a editora que publica "Jardim, A Grande Fraude", contou, esta sexta-feira, à TSF que a justificação dada foi que precisavam da sala naquele dia «para preparar o que vão fazer no dia seguinte».

O responsável considerou que esta justificação não tem sentido, até porque já estava tudo acordado para a apresentação do livro.

A apresentação do livro está agora suspensa, até a editora encontrar um novo local para lançar a obra na Madeira.

Esta sexta-feira à tarde, a Caminho ainda procurou uma alternativa em vários hotéis, mas sem sucesso. «Conheço mal o Funchal, mas acho estranho», disse.

Zeferino Coelho contou ainda que o hotel aceitou inicialmente fazer o lançamento, mas não sabia de que livro se tratava.

O livro, que deverá ser apresentado em Portugal Continental, é da autoria de Ribeiro Cardoso.