matemática

Google Doodle recorda o génio da matemática Shakuntala Devi (vídeos)

A indiana Shakuntala Devi ficou conhecida mundialmente por fazer contas mais depressa que uma máquina de calcular. Apelidada de "computador humano", faria esta segunda-feira 84 anos.

Prodígio da matemática, Shakuntala Devi ficou conhecida para o mundo como o «computador humano» dada a sua extraordinária capacidade mental e rapidez para resolver problemas matemáticos complexos.

Nascida a 4 de novembro de 1929, em Bangalore, numa família humilde ligada ao circo, Shakuntala Devi revelou o dom para a matemática aos três anos de idade, quando o pai lhe tentava ensinar um truque com cartas. Aos cinco anos, já conseguia resolver mentalmente puzzles aritméticos com grau de dificuldade elevado.

Entre as décadas de 1950 e 1970, Devi maravilhou o mundo ao vencer várias competições matemáticas contra computadores, incluindo o cálculo da raiz cúbica de 188132517.

Em 1982 entrou para o Livro dos Recordes ao conseguir acertar, em 28 segundos, no resultado de uma multiplicação de dois números ao acaso com 13 dígitos cada.

Para além de resolver problemas matemáticos, Devi escreveu ainda vários livros sobre puzzles, números, a memória e o cálculo mental.

Devi ficou também conhecida por ter publicado o primeiro estudo sobre a homossexualidade na Índia, no decurso do seu casamento com um homem homossexual. O trabalho viria a ser considerado pioneiro no entendimento da homossexualidade naquele país.

Devi viria a falecer em abril de 2013, na sequência de complicações respiratórias e cardíacas. Hoje faria 84 anos.