Meco: Universidade Lusófona decreta três dias de luto

A Reitoria da Universidade Lusófona decretou três dias de luto, colocando a bandeira à meia-haste, após um grupo de sete jovens universitários ter sido arrastado por uma onda na Praia do Meco.

Em comunicado, a Reitoria e a Administração da Universidade manifestaram o seu pesar «pelos trágicos acontecimentos» ocorridos na madrugada de domingo na praia do Meco, que envolveram sete alunos daquela comunidade académica, resultando num morto e cinco desparecidos no mar, até ao momento.

Um grupo de sete jovens universitários foi na madrugada de domingo arrastado por uma onda na Praia do Meco. Um dos jovens conseguiu salvar-se e dar o alarme, outro foi retirado do mar já sem vida e continuam desaparecidos cinco outros jovens, entre os quais quatro raparigas.

As buscas dos cinco jovens desaparecidos domingo na Praia do Meco foram retomadas hoje pelas 07:30 por mar e por terra, sem o recurso aos meios aéreos, segundo a Autoridade Nacional da Proteção Civil.

Ontem, em declarações à TSF, o vereador da Proteção Civil da câmara de Sesimbra, Francisco Luís, explicou que um dispositivo de apoio psicológico foi montado para apoiar os familiares dos jovens desaparecidos.

Está previsto que, além da Universidade, os cursos que os alunos frequentavam rendam a sua própria homenagem aos alunos, com os rituais académicos próprios, de acordo com a mesma fonte.

A página do Facebook da Associação Académica da Universidade Lusófona apresenta uma fotografia de capa a negro e uma mensagem de domingo revela que a comunidade académica se encontra «triste e mais pobre» depois de sete colegas da universidade terem sido «envolvidos num trágico acidente, arrastados pelo mar».

A Associação Académica deseja «muita força» ao colega que sobreviveu, presta condolências à familia e amigos do colega encontrado já sem vida e deseja «muita força e esperança» à familia e amigos dos cinco colegas que ainda se encontram desaparecidos.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de