Viseu

Pequena vila beirã reúne-se em plenário como forma de protesto

A população de Penalva do Castelo, distrito de Viseu, decidiu usar uma "fórmula" dos trabalhadores e reuniu-se esta manhã em plenário para contestar o encerramento de serviços. No fim, decidiu enviar uma carta à ministra das Finanças.

O plenário da população foi convocado pela Comissão de Utentes dos Serviços Públicos e pela Câmara Municipal.

O povo aproveitou a feira, enfrentou o frio e juntou-se para lutar contra o encerramento das finanças, correios e centro de saúde. Sem transportes públicos, os penalvenses temem ficar ainda mais isolados.

Por momentos, a pequena vila beirã, com pouco mais de seis mil habitantes, parou para ouvir as vozes de protesto de uma população maioritariamente idosa, que vive neste concelho de caráter agrícola e que teme deixar de ter serviços públicos à disposição.

No fim, foi feito um abaixo assinado que reuniu mais de duas centenas de assinaturas e que agora será enviado ao Governo.