Fandango - A electrodança da guitarra portuguesa e do acordeão

Juntar a guitarra portuguesa, o acordeão e a electrónica - é esta a proposta do projecto Fandango, constituído por Luis Varatojo e Gabriel Gomes e o disco (CD e Vinil) é editado esta sexta feira.

Num trabalho conjunto já com antecedentes que remontam aos tempos em que faziam parte dos Peste & Sida e dos Sétima Legião, Luis Varatojo e Gabriel Gomes decidiram juntar os respectivos instrumentos (guitarra portuguesa e acordeão) a uma base de "beats" electrónicos e assim nasceram os Fandango. Mas a verdade é que a ligação dos dois músicos à electrónica não nasceu agora.

Senão, recorde-se: Depois dos Sétima Legião e de Os Dias da Madredeus, de que foi co-fundador, Gabriel Gomes começou a descobrir mais em profundidade a música electrónica, tocou como DJ sob o nome de Monogatari e esteve na origem do Festival Boom. Paralelamente, fez parte (com Rodrigo Leão) do projecto "Os Poetas", regressou à música electrónica com o Projecto OM e embrenhou-se pelas Músicas do Mundo com os Tjack.

Quanto a Luis Varatojo, esteve na fundação dos Peste & Sida, dos Despe & Siga, da Linha da Frente (um projecto interessantíssimo mas que durou pouco) e da Naifa, e tem um assinalável trabalho em várias vertentes como a criação, concepção e produção de conteúdos artísticos na área da música, a criação e produção de imagem de marca e a produção de espectáculos e gestão de percurso artistico, para além de também fazer uma perninha enquanto DJ.

Com todas estas experiências de Gabriel Gomes e Luis Varatojo misturadas num cadinho, o resultado final foi este projecto Fandango, com raízes mergulhadas na terra da música portuguesa mas regadas com sonoridades electro dançáveis e, ao vivo, aromatizadas com a componente audiovisual assinada por Edgar Alberto.

Depois de ter sido apresentado ontem no Teatro do Bairro, Fandango (o disco) foi editado esta sexta feira e vai ser levado a palco no sábado, às três e meia da tarde (sem a parte audio visual), ao Festival Lisb-On, Jardins Sonoros, desta feita no Parque Eduardo VII.

*Um trabalho de Mário Dias e Alexandrina Guerreiro, com base numa entrevista de Miguel Fernandes aos Fandango (Luis Varatojo e Gabriel Gomes).

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de