Obra de Stravinsky encontrada 100 anos depois de escrita

Durante 100 anos pensou-se que a obra "Canção funeral" de Stravinsky estava perdida, mas a composição foi encontrada no meio de uma pilha de manuscrito,s numa sala do Conservatório de São Petersburgo.

Igor Stravinsky compôs a Pogrebal'naya Pesnya (Canção Funeral) em memória do seu professor, Nikolai Rimsky-Korsakov, pouco depois da morte de Rimsky em junho de 1908. O trabalho foi interpretado apenas uma vez, num concerto em 1909, e a partir daí nunca mais se ouviu falar dele.

Com os acontecimentos históricos que se seguiram, a revolução russa de 1917 e a posterior guerra civil, o manuscrito desapareceu tendo sido dado como irremediavelmente perdido. Stravinsky chegou a recordá-lo como um dos seus trabalhos mais adiantados, mas não completo.

Durante anos, os musicólogos russos teorizaram sobre a possibilidade do material poder estar preservado entre a música não catalogada dos arquivos da Filarmónica ou no Conservatório de São Petersburgo, mas a União Soviética não viu com "bons olhos" esta procura pelo manuscrito de Stravinsky uma vez que o compositor tinha sido expatriado, considerado como uma persona non grata.

Apesar do "não" das autoridades soviéticas, Natalya Braginskaya, uma especialista em Stravinsky, organizou, ao longo dos anos, várias buscas para encontrar o documento, mas todas elas foram infrutíferas. Só no outono do ano passado, quando o edifício teve de ser esvaziado, foi encontrada a obra de Stravinsky. Um bibliotecário descobriu o trabalho do compositor, atrás de um piano, entre milhares de outros manuscritos e partituras. O documento não está completo e necessita de ser reconstruido.

Natalya Braginskaya, a especialista em Stravinsky que há muito procurava a obra, anunciou e descreveu o achado a 4 de setembro, numa conferência dedicada ao compositor.

Stravinsky escreveu a canção fúnebre quando tinha apenas 26 anos. Nessa altura, era um compositor pouco conhecido na Rússia e totalmente desconhecido fora dela. Só nos quatro anos seguintes iria compor obras como Pássaro de Fogo, Petrushka e A Sagração da Primavera que lhe granjearam fama e reconhecimento.

Igor Stravinsky nasceu em Oranienbaum, na Rússia, em 1882, e morreu em Nova Iorque, em 1971. Foi compositor, pianista e maestro, considerado por muitos como um dos vultos da música mais importantes do século XX.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de