Capitães da Areia em Margem

O espetáculo "Margem" de Victor Hugo Pontes, encomenda do Centro Cultural de Belém a partir dos Capitães da Areia de Jorge Amado está de volta ao CCB.

Já faz 81 anos, data em que foi publicado o romance de Jorge Amado, Capitães da Areia. O ano passado, no número redondo dos 80 anos, Madalena Walenstein, da Fábrica das Artes do CCB, provocou Victor Hugo Pontes para criar este espetáculo.

Margem porque estamos a ver as crianças que estão na margem de tudo e quem são eles agora, aqui em Portugal. As muitas perguntas que ficam no ar, para a vida destas crianças que não praticaram nenhum crime apenas nasceram no lugar da margem.

Num espetáculo que e de dança, mas também e de teatro, Victor Hugo Pontes pediu ajuda a Joana Craveiro que escreveu o texto a partir dos relatos de jovens das duas instituições, Casa Pia e Instituto do Cerco, para um espetáculo que tem dança e palavras e palavras duras, a fazer doer.

Música composta para este espetáculo, Margem, dos "Throw and the Chine", o lado urbano, com todas as perguntas que o livro já fazia há 80 anos mas parece que foram feitas ainda ontem à tarde, a margem continua cá.

Margem, espetáculo de Victor Hugo Pontes, encomenda do CCD, regressa, hoje às 11 da manhã, sábado e domingo às 18h00.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de