Banda Desenhada

Um dos maiores pugilistas do mundo era português. A história de Santa Camarão

José Santa nasceu em Ovar em 1902 e morreu há 50 anos. Ficou conhecido como Santa Camarão e alcançou o sucesso internacional. Uma história que chega agora à BD pela mão de Xavier Almeida.

Em Ovar, Santa Camarão continua a ser uma figura conhecida. Há uma escultura, uma rua com o nome dele e ainda se trocam histórias herdadas de avós e bisavós que se cruzaram com o campeão.

Foi ainda em menino que Xavier Almeida conheceu "a lenda". O arquiteto e ilustrador ovarense decidiu investigar e nasceu agora o livro de banda desenhada "Santa Camarão".

O livro conta a história do pugilista desde que nasceu, um gigante de 2,06 metros, que calçava o número 50 e que era ostracizado pelo seu tamanho.

Aos 10 anos, José Santa foi para Lisboa ganhar a vida como fragateiro e estivador. Cruzou-se com o boxe e nos anos 30 conhece o sucesso em Portugal e lá fora. Nos Estados Unidos venceu 31 combates consecutivos numa turné.

Um campeão, que Xavier Almeida revela ser uma figura pacífica e melancólica.

TSF

O livro "Santa Camarão" é baseado num caderno escrito pelo próprio José Santa. Os diálogos são escritos por Pato Bravo, o pseudónimo de B Fachada para a banda desenhada.

"Santa Camarão", de Xavier Almeida, com diálogos de Pato Bravo, é editado pela Chili com Carne.

  COMENTÁRIOS