Morreu a cantora e compositora Dina

A autora de êxitos como "Amor de água fresca" e "Esta manhã em Lisboa" estava à espera de um transplante de pulmão.

A cantora e compositora portuguesa Dina morreu, esta sexta-feira, aos 62 anos. A intérprete de êxitos como "Amor de água fresca" e "Esta manhã em Lisboa" sofria de fibrose pulmonar e, em janeiro de 2018, era noticiado que estava à espera de um transplante de pulmão.

Dina, o nome artístico de Ondina Maria Farias Veloso, participou três vezes no "Festival da RTP da Canção" e chegou a vencer o concurso em 1992, com o tema "Amor de água fresca", da autoria de Rosa Lobato de Faria.

A cantora decidiu abandonar os palcos em 2016 por causa dos problemas de saúde. No mesmo ano, mais de 15 artistas da nova geração da música nacional celebraram no Porto e em Lisboa os 40 anos de carreira da artista. Ana Bacalhau, B Fachada, Best Youth, Márcia e Samuel Úria foram alguns dos artistas que subiram aos palcos do Teatro Municipal do Porto e do Teatro São Luiz para o espetáculo "Dinamite".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de