Cristiano Ronaldo assume querer representar Portugal no Euro 2024

Avançado português elogiou a nova geração de jogadores que está a entrar na equipa das quinas.

O capitão da seleção portuguesa de futebol, Cristiano Ronaldo, assumiu esta terça-feira o objetivo de representar a equipa nacional no próximo campeonato da Europa, que se realiza na Alemanha, em 2024.

Na gala Quinas de Ouro, na Cidade do Futebol, em Oeiras, o jogador de 37 anos realçou que o grupo nacional está a receber "jogadores jovens com um futuro extraordinário", antes de lançar o futuro.

"Quero fazer parte ainda deste Mundial e do Europeu também, vou assumir já", revelou perante os aplausos dos presentes.

"O meu caminho ainda não terminou, vão levar um bocadinho mais de carga do Cris. Sinto-me ainda motivado, a minha ambição está lá em cima. Estou numa seleção com muitos jogadores jovens com um futuro extraordinário", acrescentou.

Cristiano Ronaldo discursava após ter sido homenageado no evento desta noite como melhor marcador de sempre das seleções.

O ponta de lança luso, de 37 anos, tornou-se no maior goleador a nível internacional a 1 de setembro de 2021, então ao ultrapassar a cifra dos 109 golos do já retirado iraniano Ali Daei, no encontro com a República da Irlanda, no Estádio Algarve, onde anotou um 'bis' na reta final do encontro da fase de qualificação para o Mundial2022.

Na cerimónia que decorreu na Cidade do Futebol, em Oeiras, os treinadores José Mourinho, vencedor da primeira edição da Liga Conferência Europa ao leme dos italianos da Roma, e Abel Ferreira, bicampeão da Taça Libertadores pelo Palmeiras, do Brasil, receberam um galardão cada.

"Acordei hoje com a notícia que fazia 22 anos desde o primeiro dia em que fui treinador. Acordei com uma fotografia que me mandaram quando fui apresentado no Benfica. 22 anos depois, continuo a gostar de treinar da mesma forma, de jogar da mesma forma, de ganhar, de odiar perder, continuo a ser expulso da mesma forma. Nada mudou", expressou José Mourinho, após receber o prémio.

Já Abel Ferreira não esteve presente na gala por "motivos pessoais", mas realçou, através de um vídeo, o "orgulho imenso de ser português", dedicando a distinção a todos os que trabalham consigo.

No futebol, a equipa de sub-19 do Benfica, vencedora da Youth League e da Taça Intercontinental, a equipa feminina de futebol do Benfica, bicampeã nacional, o FC Porto, campeão da I Liga, e o Rio Ave, atual detentor do título do segundo escalão, foram igualmente distinguidos.

No evento organizado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) e Associação Nacional dos Treinadores de Futebol (ANTF), que se realizou pela ultima vez em 2019, devido à pandemia Covid-19, foram ainda distinguidos a seleção feminina de futsal universitário, que se sagrou campeã mundial.

Ainda no futsal, foram galardoados Ricardinho, que já se retirou da carreira internacional, Zicky Té, João Matos e Ana Azevedo, enquanto no futebol de praia, a seleção sénior masculina foi distinguida pela conquista da Liga Europeia em 2021.

O último prémio da noite foi entregue ao selecionador português de futsal, Jorge Braz, que conduziu Portugal à conquista da primeira edição da Finalíssima, que juntou ao bicampeonato europeu e ao título mundial.

* Notícia atualizada no dia 21 de setembro às 06h26

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de