Cristiano Ronaldo notificado por não ter cumprido regras de isolamento

As autoridades italianas comunicaram o caso à justiça. Craque português viajou para Portugal para os compromissos da seleção nacional.

Cristiano Ronaldo e vários outros futebolistas internacionais da Juventus poderão ter desrespeitado as regras de isolamento sanitário por causa da Covid-19, tendo as autoridades sanitárias italianas anunciado esta quarta-feira que notificaram a justiça dessa situação.

Com efeito, esses internacionais deixaram Turim no início da semana para se juntarem às seleções, apesar do protocolo de isolamento imposto pelos dois recentes casos de Covid-19 no campeão italiano.

Os jogadores só podiam sair da concentração do clube para treinar e jogar e estavam proibidos de contactar com outras pessoas, enquanto não fossem conhecidos os resultados do segundo teste à Covid-19.

Cristiano Ronaldo, Bentancur, Cuadrado, Danilo, Dybala, Buffon e Demiral não esperaram por esses resultados, que só foram conhecidos hoje, e viajaram para as respetivas seleções.

Roberto Testi, diretor da delegação de Turim da Autoridade de Saúde Italiana, referiu que o clube o informou de que "vários atletas deixaram o local de isolamento" sendo que "por isso foram notificados".

"Foi o clube, que tem tido um comportamento excelente, que nos disse que alguns jogadores deixaram o local de isolamento. Por isso, iremos notificar a autoridade competente, ou seja, o Ministério Público, do ocorrido. Caberá agora aos magistrados avaliar se houve crime", disse ainda.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de um milhão e cinquenta e um mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.040 em Portugal. A Itália é o segundo país com mais vítimas na Europa - 36.061 mortos, e um total de mais de 330 mil casos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de