David Carmo é o negócio mais caro feito em Portugal

O defesa-central vai esta terça-feira fazer os habituais exames médicos para depois assinar contrato com o FC Porto até 2027, e vai ficar com uma cláusula de rescisão no valor de 80 milhões de euros.

O negócio já está fechado entre os dois clubes, tal como a TSF já tinha avançado, e na última noite David Carmo também aceitou as condições oferecidas pela SAD dos dragões. O FC Porto vai ficar com a totalidade do passe do jogador.

A venda do passe do jovem defesa, de 22 anos, vai render aos cofres do SC Braga uma verba que pode chegar aos 22,5 milhões de euros, naquele que é o negócio mais caro entre clubes portugueses, superando o valor da transferência de Rafa, também do SC Braga, mas para o Benfica. Na época 2016-2017, o extremo internacional português custou às águias 16,4 milhões de euros pela totalidade do passe.

O FC Porto vai pagar ao SC Braga os 20 milhões de euros de forma faseada, com tranches de cinco milhões de euros nos próximos anos. Há ainda 2,5 milhões de euros de variáveis que podem ser pagos ao clube minhoto, caso o jogador alcance determinados objetivos.

Benfica também vai receber dinheiro com este negócio

O mecanismo de solidariedade vai ficar a cargo do FC Porto, com um custo total de 900 mil euros. O SC Braga vai receber 700 mil euros pela formação do jogador entre os anos 2015 e 2022. Mas também o Benfica vai ter direito a receber 100 mil euros devido à passagem do jogador pela formação das águias entre 2011 e 2013.

O Anadia e o Sanjoanense também vão ter direito a receber um valor através do mecanismo de solidariedade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de