Corona e adeptos nas varandas não chegam para salvar FC Porto em Famalicão

Dragões perderam por 2-1 em Famalicão e podem perder a liderança para o Benfica nesta jornada. Veja os golos.

O FC Porto foi esta quarta-feira derrotado em casa do Famalicão, por 2-1, em jogo da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e pode ser ultrapassado na liderança pelo Benfica.

No regresso da competição, após quase três meses de paragem, devido à Covid-19, os famalicenses marcaram por Fábio Martins e Pedro Gonçalves, com os dragões ainda a empatarem por Corona.

Com esta derrota, o FC Porto, que vinha de sete jogos sem perder, mantém-se na liderança, com 60 pontos, mais um do que o Benfica, que na quinta-feira recebe o Tondela. O Famalicão sobre provisoriamente ao quinto lugar, com 40.

O futebol está de volta! O FC Porto dá o pontapé de saída em Famalicão! A primeira oportunidade de jogo surgiu antes do primeiro minuto, para Marega. Aos 4 minutos, Soares é agarrado e pede falta. Estava sobre a linha de área do Famalicão. O árbitro marca falta anterior do avançado portista.

Na sequência de um livre indireto muito perigoso, aos 8 minutos, cobrado por Sérgio Oliveira, a bola fica à mercê de alguns jogadores e o Famalicão passa por apuros, até que a jogada termina. Três minutos depois, Corona faz um passe de 30 metros para as costas da defesa do Famalicão. Marega isola-se e, frente a Defendi, permite a defesa do guarda-redes brasileiro. Tremenda oportunidade de golo para o FC Porto!

Sérgio Conceição dá indicações que mostram que quer que o FC Porto fira a defesa do Famalicão. Já os adeptos dos dragões, ao fundo e no exterior do estádio, são bem audíveis.

Pepe falhou um corte e Diogo Gonçalves, muito rápido, fez um remate perigoso à baliza de Marchesín, aos 21 minutos. Boa oportunidade para o Famalicão! Dez minutos depois, Diogo Gonçalves cai na grande área do FC Porto após um lance com Pepe. O VAR analisou o lance, mas nada assinalou.

Otávio no ataque tentou furar e conseguiu o cruzamento. Soares cabeceou com perigo, mas Defendi não deixou a bola entrar na baliza do Famalicão. Aos 38 minutos, Toni Martínez faz uma entrada fora de tempo sobre Mbemba e vê cartão amarelo.

Sérgio Conceição não quer o jogo adormecido e pede ao quarto árbitro para que haja mais velocidade nas recolocações da bola em jogo. O FC Porto tem sido muito eficaz a pressionar e, por isso, o Famalicão tem tido muitas dificuldades em sair a jogar, mas é pouco provável que os jogadores consigam manter este nível de pressão durante os 90 minutos.

Na sequência de um livre marcado por Sérgio Oliveira, Danilo cabeceou mas a bola saiu ao lado da baliza de Defendi que, após o lance, manda subir os centrais para bater a bola para a frente. Aos 45 minutos, Otávio bate um livre contra o adversário, por este não se afastar da bola. Fábio Martins fica caído no relvado, a queixar-se do rosto. O jogador do FC Porto é punido com um cartão amarelo.

Chega o intervalo sem qualquer golo em Famalicão!

Recomeça a partida! E a equipa da casa inaugura o marcador aos 48 minutos, marca Fábio Martins na sequência de um erro monumental de Marchesín, que recebe uma bola fora da baliza e entrega em Fábio Martins. Estava isolado na zona do penálti e só teve de empurrar.

Três minutos depois do golo do Famalicão, o FC Porto faz uma jogada de perigo, mas o cabeceamento de Danilo sai à figura de Defendi, que encaixa sem dificuldade. Aos 53 minutos, Roderick comete infração sobre Marega, que fica queixoso no relvado.

Já há jogadores a fazer exercícios de aquecimento. O árbrito Bruno Almeida mostra cartão vermelho a Vítor Bruno, o adjunto de Sérgio Conceição, que tem de sair do banco dos dragões.

Aos 62 minutos, Alex Centelles vê cartão amarelo por uma falta sobre um adversário. Dois minutos depois, Toni Martínez aproveitou um espaço e esteve perto do segundo golo do Famalicão! Não está fácil para o FC Porto criar situações de perigo para a equipa da casa.

Há muitos adeptos a ver o jogo através das varandas dos prédios em redor do Estádio Municipal de Famalicão. Aos 74 minutos, Corona, a passe de Sérgio Oliveira, descobriu o pouco espaço que havia entre o guarda-redes e o poste e fez o empate para os azuis e brancos.

Aos 77 minutos, Pedro Gonçalves volta a colocar o Famalicão em vantagem no marcador, com um remate rasteiro à entrada da área.

O árbitro dá 5 minutos de compensação.

Termina o jogo em Famalicão! O FC Porto é derrotado no primeiro jogo após a retoma da I Liga por 2-1.

Onze inicial do Famalicão: Defendi; Ivo Pinto, Nehuén Pérez, Roderick e Alex; Centelles; Račić, Pedro Gonçalves; Diogo Gonçalves e Lameiras; Fábio Martins e Toni Martínez.

Onze inicial do FC Porto: Marchesín; Corona, Pepe, Mbemba e Manafá; Otávio, Danilo, Sérgio Oliveira e Luis Díaz; Marega e Soares.

Suplentes do FC Porto: Diogo Costa; Diogo Leite, Vítor Ferreira, Fábio Vieira, Uribe, Aboubakar e Zé Luís.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de