"Grande falta de profissionalismo." Benítez ataca forma como são assinados contratos do Benfica

Em entrevista à TSF, o antigo candidato às eleições do Benfica, aborda o que gostou da entrevista de Rui Costa, o que não gostou, e ainda o que ficou por dizer pelo atual presidente encarnado.

Francisco Benítez considera que Rui Costa não precisa de andar sempre a reclamar benfiquismo em cada entrevista que dá. É a reação na TSF do candidato derrotado nas últimas eleições do Benfica. Benítez lembra que também Luís Filipe Vieira dizia que só perdia dinheiro em ser presidente e afinal não é bem assim.

"O benfiquismo não é uma coisa que nós tenhamos que ir para a praça público dizer aos quatro ventos. O benfiquismo é algo que é reconhecido pelos nossos pares. Rui Costa é um benquista, não precisa de o voltar a dizer, não precisa de perder largos minutos de uma entrevista para contar o seu historial para dizer que é um grande benfiquista, para depois no fim nos dizer, tal como Luís Filipe Vieira dizia, que ser presidente do Benfica só faz com que ele perca dinheiro. E, depois, ficámos a saber que com Luís Filipe Vieira não era bem assim", afirma o antigo candidato à presidência do Benfica.

Em declarações à TSF, em jeito de balanço à entrevista dada por Rui Costa ao canal do clube, Francisco Benítez diz estar preocupado com o que ouviu, sobretudo, como se assinam contratos no Benfica: "Foi de uma ligeireza, para não lhe chamar de uma incompetência, que eu acho que não lhe ficou bem. Foi muito mal dito, foi muito mal feito, porque parece que os contratos do Benfica são uma coisa de pouca importância. Ou seja, quem está lá assina, que não está lá não assina, e ninguém se dá ao trabalho de ler o que está escrito. A forma como foi dito, como se tenta desresponsabilizar de contratos que assinou, ele e outros administradores, não me parece efetivamente que seja profissional."

Nesta entrevista à TSF, Francisco Benítez confessa que não lhe agrada nada a confiança cega que Rui Costa tem em Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD encarnada: "Domingos Soares de Oliveira e Miguel Moreira são os únicos arguidos que, sendo arguidos com processos que lesaram o Benfica, continuam a trabalhar no clube. Portanto, isto também não compreendo, nem a forma como o presidente do Benfica veio dizer que tem uma confiança absoluta em Domingos Soares de Oliveira, como todos nós sabemos, e tem vindo a público, que a forma como tem utilizado o dinheiro do Benfica não tem sido propriamente das mais bonitas."

Rui Costa revelou ontem que o Benfica não se vai constituir como assistente no processo Cartão Vermelho É outra das coisas que custou ouvir a Benítez, que sublinha já não sabe "o que é preciso saber que o Benfica de uma forma ou de outra foi lesado". "Portanto, acho que seria muito mais coerente e muito mais interessante para os benfiquistas, o Benfica constituir-se como assistente, porque ia assistindo ao desenrolar do projeto e a qualquer momento poderia colocar as ações que entendesse que deveria pôr, para ser ressarcido de quem o roubou", defende o candidato derrota nas últimas eleições do clube da Luz.

E o que ficou por dizer na entrevista de ontem? Francisco Benítez gostava de ter ouvido Rui Costa falar da centralização dos direitos televisivos que vai penalizar muito o Benfica, gostava de o ouvir falar da arbitragem "que tem penalizado as águias" e ainda a relação com John Textor: "Foi-nos dito que o Benfica nunca vai perder a maioria, mas o facto de eu ter a maioria enquanto acionista não quer dizer que eu tenho algum peso em termos de controlo de gestão. E o que eu quero saber, efetivamente, é quem vai mandar no Benfica, em termos de controlo de gestão, se John Textor vier a entrar no capital do Benfica."

Mas nem tudo foi mau na entrevista dada por Rui Costa candidato derrotado nas últimas eleições do Benfica gostou que o presidente encarnado se tenha disponibilizado para falar aos benfiquistas e que tenha abordado as modalidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de