Barcelona tirou os olhos da bola e o Liverpool atirou-o para fora da Champions

Origi e Wijnaldum, por duas vezes, tornaram real a passagem do Liverpool à final. O golo decisivo chegou através de uma jogada, no mínimo, inesperada.

Anfield Road assistiu, esta noite, a uma recuperação de três golos de desvantagem por parte do Liverpool. Os reds receberam o Barcelona e, depois de terem perdido por 3-0 em Camp Nou, já tinham conseguido, aos 52 minutos, empatar a eliminatória. Foi, no entanto, aos 85 que o Liverpool explicou ao Barcelona a importância de manter os olhos na bola. Uma falha que valeu a eliminação aos blaugrana.

O primeiro golo do jogo foi marcado com apenas sete minutos decorridos, por Divock Origi.

O segundo e terceiro golos tiveram o mesmo autor: Wijnaldum entrou ao intervalo para render o lesionado Robertson e acabou por ser decisivo.

O primeiro tento do holandês chegou logo aos 54'.

O terceiro da partida, e segundo de Wijnaldum, aconteceu dois minutos depois, e fez com que as bancadas de Anfield passassem a acreditar na passagem à final da Liga dos Campeões.

Coube a Origi, que abriu a contagem, marcar o golo que confirmou o melhor cenário para o Liverpool. E o Barcelona ficou a ver, incrédulo, toda a jogada.

Com esta vitória por 4-0, os reds são o primeiro finalista da Liga dos Campeões, ficando agora à espera da segunda mão da meia-final entre Ajax e Tottenham.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de