"Hip, hip, ganhámos!" A celebração especial do histórico do Benfica Shéu Han

Anos depois de ter jogado ao lado de nomes como Eusébio, Tony ou Néne, Shéu Han continua a viver a vitória do Benfica com emoção. Em entrevista à TSF como festejou o 37º. título de campeão nacional.

Há meio século fiel ao Benfica, Shéu Han nunca deixou de acreditar na vitória dos encarnados, mesmo quando o clube estava a sete pontos do FC Porto.

Entrevistado por Fernando Alves na manhã TSF, o antigo capitão e dirigente do Benfica, de 65 anos, garante que nunca duvidou que era possível chegar ao título.

"Não há impossibilidades, há desafios maiores, e o desafio era gigantesco (...) há sempre uma esperança."

Enquanto milhares de benfiquistas festejaram o 4-1 frente ao Santa Clara, também no balneário houve gritos de vitória. O de Shéu Han foi especial, uma celebração que "veio do fundo", o "descarregar de uma bateria".

"Hip, hip, ganhámos!", recorda. Foi "o grito do alcance daquele que é o grande objetivo que nós, benfiquistas, carregamos durante o ano inteiro".

Sem avançar detalhes sobre o planeamento da próxima época, sobre o futuro de João Félix ou de Jonas, poro exemplo, o antigo jogador das águas, que jogou com Eusébio, Tony e Néne, deixa um elogio a Bruno Lage.

"É um homem que pensa futebol desde sempre e que se constrói com base no exemplo dos grandes treinadores", e sobretudo alguém que "teve a sorte, ou a audácia de pôr em prática" esse pensamento.

Leia aqui tudo sobre o 37º. título de campeão nacional do Benfica

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de