mercado de transferências

Renan Ribeiro chega ao Sporting para disputar a baliza com Viviano

O brasileiro chega a Alvalade por empréstimo do Estoril Praia, até ao final da próxima época. Os leões pagaram 250 mil euros pela cedência e ficam com opção de compra, por um milhão de euros.

O Sporting anunciou, esta quinta-feira, nas suas redes sociais, a chegada do guarda-redes brasileiro Renan Ribeiro, para competir pela baliza leonina, com o reforço internacional italiano Emiliano Viviano, que veio do Sampdoria, da I liga italiana. O jogador, de 28 anos, foi cedido pelo Estoril Praia até ao final da temporada. Os leões tiveram de desembolsar 250 mil euros, pelo guardião, ficando com opção de compra no final da época, no valor de um milhão de euros.

"Quero agradecer ao Clube e ao Presidente por esta oportunidade, que me deixa muito feliz. Vou fazer o meu melhor. O futebol não tem segredos e o nosso maior contributo é o trabalho, aperfeiçoarmo-nos todos os dias para chegar ao momento do jogo em forma. Comecei um pouco tarde, já que a pré-época já se iniciou, mas vou dar o máximo para alcançar o melhor de mim e colocar-me à disposição do treinador. Estou preparado para dar alegrias e títulos à família Sportinguista", começou por contar Renan Ribeiro, em exclusivo ao Jornal Sporting.

"É fantástico poder trabalhar aqui. Não pensei duas vezes. Sei da dimensão do Sporting CP, maior do que qualquer jogador, e só quero honrar o Presidente, os adeptos, ajudar nas competições e trazer muita felicidade ao Clube. Mensagem aos Sportinguistas? Cheguei e estou pronto para dar o melhor e fazer uma boa época", acrescentou.

O presidente da Comissão de Gestão do Sporting, José Sousa Cintra, comentou a nova contratação elogiando a capacidade de trabalho e as credenciais que Renan traz no seu currículo: "Trata-se de um jogador fantástico, jogou nos melhores clubes brasileiros e convém lembrar que é um país com a melhor escola de guarda-redes do Mundo! Tem-se visto, com a qualidade que apresentam. O Renan Ribeiro tem provas dadas, não é inexperiente. Outros grandes clubes, dentro e fora de Portugal, queriam-no exatamente pelas suas qualidades. Já temos um guardião, que contratámos há pouco tempo, mas a competição é muito saudável. Agora têm de lutar pela titularidade e isso é muito importante para o Sporting CP. Os grandes clubes têm de ter sempre bons guarda-redes porque são jogadores que fazem a diferença. Tenho as melhores referências do trabalho que desenvolve, com empenho. Faz lembrar o Cristiano Ronaldo que sempre trabalhou e continua a trabalhar. Por isso é o melhor do Mundo".

Renan fez formação no Atlético Mineiro, do Brasil, onde se estreou como sénior em 2010. Ao fim de quatro temporadas no "Galo" mudou-se para o São Paulo, em 2013, onde esteve até ao ano passado, antes de ter a sua primeira experiência na Europa, na I Liga portuguesa, ao serviço do Estoril Praia. Pelos estorilistas, que foram despromovidos à II Liga na época passada, depois de terminarem em último lugar, Renan realizou 17 jogos.

Com a entrada do brasileiro para a baliza, o guarda-redes francês Romain Salin, de 34 anos, que tem contrato até ao final da próxima temporada, fica sem espaço no plantel e está assim de saída de Alvalade.

Salin chegou a Alvalade na temporada passada, vindo dos franceses do Guingamp (Ligue 1), onde apenas tinha realizado quatro jogos, para ser o suplente de Rui Patrício. Ao serviço do emblema verde e branco, o francês repetiu a dose, realizando novamente quatro jogos, dois na Taça de Portugal e outros dois na Taça da Liga.

Com lugar garantido no plantel para a época 2018/19 está Luís Maximiano, um jovem com margem de progressão e no qual o clube quer apostar, por acreditar no seu potencial.

  COMENTÁRIOS