Liga

Sp.Braga entra a vencer no campeonato ao bater Paços de Ferreira

O Sporting de Braga entrou hoje a vencer da I Liga de futebol, ao derrotar, em Felgueiras, o Paços de Ferreira por 2-0, em jogo da primeira jornada da prova.

Um Sporting de Braga mais esclarecido venceu hoje, de forma categórica, o Paços de Ferreira, por 2-0, na abertura da edição 2013/14 da I Liga de futebol, num jogo disputado em Felgueiras.

Os bracarenses inauguraram o marcador aos 26 minutos, por Paulo Vinicius, com um cabeceamento após canto da direita, e fecharam a contagem aos 65, pelo colombiano Pardo, um dos melhores em campo, desmarcado por Alan, numa vitória sem contestação.

O sorteio juntou na primeira jornada, com honras de abertura do campeonato, as duas equipas que, em 2012/13, discutiram entre si até à penúltima jornada o eventual "milionário" terceiro lugar.

Para esta espécie de tira-teimas em campo neutro (Felgueiras vai ser a casa dos pacenses nas provas internas até as obras de remodelação do seu estádio estarem concluídas), Paços e Braga apresentaram profundas alterações na sua estrutura, num total de 10 "reforços" em cada uma das equipas iniciais.

Depois de uma época sensacional, os "locais" foram ao mercado e repetiram a aposta num técnico jovem (Costinha), mas sem experiência nas funções, enquanto os bracarenses fizeram regressar o "professor" (Jesualdo).

O Braga, mais mecanizado, teve sempre o domínio do jogo e aos 16 minutos, Edinho viu o argentino Degra negar-lhe o golo, num "duelo" que os dois voltariam a repetir mais duas vezes, sempre com vantagem do guarda-redes pacense.

Ainda em fase de construção e sem os processos devidamente afinados, o Paços apresentou-se com uma defesa "remendada" e um futebol mais direto, com Sérgio Oliveira a tentar marcar a cadência de um jogo que tinha sentido contrário.

No primeiro canto do jogo, aos 20 minutos, Edinho deixou a ameaça que Paulo Vinicius concretizou na segunda tentativa, seis minutos depois, inaugurando, de cabeça o marcador.

A reação do Paços chegou apenas nos descontos do primeiro tempo, por Jaime Poulsen, mas o remate, em desequilíbrio, saiu fraco e Eduardo defendeu sem problemas.

Com Hurtado em campo, na segunda parte, por troca com Sérgio Oliveira, que até estava a ser dos mais esclarecidos, o Paços tentou reagir, mas, com o passar dos minutos, o Braga voltou a pegar no jogo.

Os bracarenses beneficiaram muito da capacidade de Luiz Carlos e Mauro na zona central do meio-campo, libertando os criativos da equipa para ações ofensivas, e voltou a marcar aos 65, por Pardo, "matando" as pretensões pacenses no jogo.

Ficha do jogo:

Jogo no estádio Dr. Machado de Matos, em Felgueiras.

Paços de Ferreira - Sporting de Braga, 0-2. Ao intervalo: 0-1.

Marcadores: 0-1, Paulo Vinicius, 26 minutos; 0-2, Pardo, 65.

Equipas:

- Paços de Ferreira: Degra, Rodrigo António, Filipe Anunciação, Grégory, Nuno Santos, André Leão, Sérgio Oliveira (Hurtado, 46), Rui Miguel, Manuel José (Romeu, 75), Caetano e Jaime Poulsen (Carlão, 59). (Suplentes: António Filipe, Hélder Lopes, Romeu, Fernando Neto, Hurtado, Christian e Carlão). Treinador: Costinha.

- Sporting de Braga: Eduardo, Baiano, Paulo Vinicius (Santos, 46), Nuno André Coelho, Joãozinho, Mauro, Luiz Carlos, Rúben Micael (Luís Silva, 84), Alan, Pardo (Salvador Agra, 79) e Edinho. (Suplentes: Cristiano, Santos, Custódio, Luís Silva, Rafa, Salvador Agra e Yazalde). Treinador: Jesualdo Ferreira.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rodrigo António (48) e Manuel José (55).

Assistência: Cerca de 3.000 espetadores.