Jorge Fonseca sagra-se bicampeão mundial de judo

Português derrotou o sérvio Kukolj por ippon na categoria -100 kg.

O judoca português Jorge Fonseca sagrou-se, esta sexta-feira, bicampeão do mundo de judo na categoria -100 kg ao derrotar o sérvio Aleksandar Kukolj por ippon, na Arena Laszlo Papp, em Budapeste

Jorge Fonseca, número sete do mundo, revalidou o título mundial que tinha conquistado em agosto de 2019, em Tóquio, o primeiro da história do judo português, então frente ao russo Niyaz Ilyasov.

O português, de 28 anos, é também um dos judocas portugueses apurados para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que começam daqui a pouco mais de um mês. O presidente da Federação Portuguesa de Judo, Jorge Fernandes, enalteceu em declarações à RTP a capacidade de trabalho do judoca.

"O campeonato tornou-se fácil porque ele trabalhou muito durante a pandemia", realça o líder da federação. "Há um ano que ele e toda a seleção está trabalhar, dentro das condições que nos são possíveis, mas com um esforço e sacrifício muito grande de todos."

Ainda esta sexta-feira, nos Mundiais, Jorge Fonseca voltou a ter um dia perfeito para chegar ao ouro, após vencer o uzbeque Muzaffarbek Turoboyev (45.º), o canadiano Kyle Reyes (26.º), o georgiano Ília Sulamanidze (31.º), o holandês Michael Korrel (3.º) e o sérvio Kukolj (54.º).

Neste que foi o penúltimo dia dos mundiais, Portugal está na quinta posição da tabela de medalhas, com um ouro e um bronze, o de Arni Egutidze.

Esta sexta-feira, a última judoca portuguesa em competição, Rochele Nunes, entra em competição na categoria +78 kg.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de