Taça de Portugal

Moreirense afasta Sporting da Taça de Portugal

O Moreirense venceu, esta noite, o Sporting por 3-2 no prolongamento, em jogo da 3ª eliminatória da Taça de Portugal. Com este resultado, os "leões" ficam afastados da competição.

O Moreirense segue em frente na Taça de Portugal depois, desta noite, ter eliminado em casa o Sporting com uma vitória por 3-2 conseguida no prolongamento.

Os "leões", orientados por Oceano Cruz, abriram o marcador em Moreira de Cónegos logo aos 8 minutos, com um golo de Rinaudo, e mantiveram-se em vantagem no encontro até ao intervalo.

Mas, logo aos 46 minutos da segunda parte, o avançado uruguaio Pablo Olivera estreou-se a marcar nesta temporada e empatou a partida.

Foi também Pablo Oliveira que aos 62 minutos apontou o segundo golo do Moreirense, colocando o clube da casa à frente no marcador.

Entre estes dois golos, o guardião da baliza do Sporting, Rui Patrício, brilhou ao defender um penalti apontado aos 56 minutos por Ricardo Pessoa (Moreirense).

A dez minutos do tempo regulamentar, Ricky van Wolfswinkel conseguiu empatar o encontro (2-2). Resultado que se manteve até ao final do encontro e que obrigou a um prolongamento.

Mas na primeira parte do prolongamento, logos aos 98 minutos, o brasileiro Wagner apontou o terceiro golo da equipa da casa e que iria ditar o afastamento do Sporting de uma competição em que foi finalista vencido na época anterior, frente à Académica.

O treinador interino dos "leões", Oceano Cruz, considerou, no final do jogo, que «já chega de pedir desculpas quando as coisas não correm bem», referindo que a forma de dar a volta à situação é «levantar a cabeça, trabalhar e tentar melhorar os índice físicos e táticos da equipa».

Já do lado do Moreirense, o treinador Jorge Casquilha era um técnico satisfeito, no final de um encontro que na sua opinião foi «uma injustiça» ter seguido para o prolongamento «pelos 90 minutos que a minha equipa fez».

Menos felizes estavam os adeptos do Sporting presentes em Moreira de Cónegos, que no final do encontro, fizeram ouvir o seu desagrado com muitos assobios dirigidos à equipa "leonina" e ao presidente Godinho Lopes.

Equipas apuradas após a 3ª eliminatória da Taça de Portugal:

Benfica;Gil Vicente; Olhanense; Sporting de Braga; Beira-Mar; Arouca; Vitória de Setúbal; Aguiar da Beira; Farense; FC Porto; Vitória de Guimarães; Académica; Oliveira do Hospital; Desportivo das Aves; União de Leiria; Moreirense; Tourizense; Pampilhosa; Penalva do Castelo; Fabril; UD Oliveirense; Mirandela; Nacional; Lourinhanense; Marítimo; Santa Clara; Belenenses; Rio Ave; Pedras Rubras; Paços de Ferreira; e o Feirense.