"Vamos estar no Qatar"

Fernando Santos assume a responsabilidade da derrota e recusa desistir do Mundial de 2022.

Após a derrota deste domingo, Fernando Santos admitiu que a mensagem que deixou aos jogadores não passou, mas garantiu que a equipa tem moral para ganhar e vai estar no Qatar, a jogar o Mundial de 2022.

"Tivemos sempre muita dificuldade. Tentei, os jogadores tentaram lutar e fazer, mas depois quando tínhamos a bola não ligávamos o jogo. Sempre que ligámos o jogo conseguimos criar situações e problemas ao adversário em saídas de ataque, mas a maior parte das vezes não conseguimos. Se calhar a mensagem não passou. Sentimos o que está a acontecer na cabine. Todos sabemos que não fizemos aquilo tudo que devíamos ter feito. Tentámos, não conseguimos, mas vamos estar no Qatar", explicou Fernando Santos.

O selecionador nacional assume a responsabilidade da derrota desta noite.

"A Sérvia é que foi melhor, a verdade é essa. Tentámos e sempre que tínhamos a bola tivemos muita dificuldade em entrar em drible. O Bernardo teve bola e tentou jogar, mas foi o único, é verdade. De resto jogámos sempre com receio e muita ansiedade, para o guarda-redes", afirmou o selecionador nacional.

A necessitar de um empate, a seleção portuguesa foi relegada para os play-offs, ao perder por 2-1 na receção à Sérvia.

Dusan Tadic, aos 33, e Aleksandar Mitrovic, aos 90, marcaram os golos dos sérvios, depois de Renato Sanches ter dado vantagem à equipa das quinas, aos dois minutos.

As três últimas vagas europeias para o Mundial 2022 vão ser disputadas em março pelos 10 segundos classificados dos grupos da primeira fase e por duas seleções provenientes da Liga das Nações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de