A Opinião

Proposta do CDS-PP para Orçamento "não tem pés nem cabeça"

O CDS-PP quer que as horas extra estejam isentas de IRS. No comentário semanal na TSF, Manuela Ferreira Leite considerou a ideia "inimaginável", dizendo que "a demagogia está sem limites".

O CDS-PP apresenta esta segunda-feira dez propostas para o Orçamento do Estado para 2018. Uma das medidas é a isenção de tributação para as horas extraordinárias. No comentário semanal na TSF, Manuela Ferreira Leite considerou que esta proposta "não tem pés nem cabeça".

"A demagogia está sem limites e é preciso travá-la", defendeu, "é inaceitável que haja um partido com responsabilidades que possa imaginar semelhante proposta".

Na espaço de comentário semanal na TSF, Manuela Ferreira Leite comentou ainda a situação na Catalunha. A economista manifestou receio que uma crise no banco La Caixa possa trazer perturbações ao financiamento da economia portuguesa e lembrou que um quarto das exportações portuguesas têm como destino Espanha.

Todas as segundas-feiras, depois das 9:00, Manuela Ferreira Leite comenta os assuntos económicos da atualidade.

  COMENTÁRIOS