Internacional

Oito espécies de aves dadas como oficialmente extintas

De acordo com um relatório da Birdlife Internacional, entre estas espécies está a ararinha azul do Brasil. O pássaro que ficou mundialmente conhecido ao ser a estrela do filme de animação Rio.

Era Blu, a ararinha - azul que deu cor à historia de Rio. A ave, que se distingue da arara - azul por ser mais pequena, é uma das que foi oficialmente dada como extinta. Para além dela, só no Brasil há mais três aves que desapareceram: o Trepador do Nordeste, o Limpa folhas do Nordeste e a Corujinha de Pernambuco.

As outras quatro espécies desaparecidas na natureza são também da América do Sul e entre elas está o Poo-uli, o passarinho de cara preta do Havai.

O relatório da Birdlife International revela ainda que na base desta extinção está o desmatamento para extração de madeira.

À TSF, o presidente da Sociedade Portuguesa para Estudo das Aves, Domingos leitão, diz que a este problema se junta o da desflorestação em prol da agricultura intensiva.

O comércio ilegal de aves, ao longo de décadas, contribuiu também para este cenário. O presidente da SPEA lembra ainda que o comércio legal de aves e a captura de aves para consumo também têm a sua quota -parte de culpa.

O relatório, divulgado esta terça-feira, revela ainda que apenas uma das oito espécies pode eventualmente ser recuperada. Existem 50 ararinhas - azuis em cativeiro na Europa e o grupo será levado para o Brasil no próximo ano a fim de se conseguir lançar um programa de reintrodução na natureza.

O presidente da Quercus, João Branco, diz que já foram feitas experiencias de reintrodução de espécies dadas como extintas na natureza que resultaram. Este foi o caso do bisonte na Europa.

O regresso das 50 ararinhas ao Brasil foi assegurado através de negociações que envolveram o Ministério brasileiro do Meio Ambiente e vários jardins zoológicos da Europa,

  COMENTÁRIOS