Pelo menos dois mortos e dezenas de feridos após queda de bancada em sinagoga de Jerusalém

Autoridades de saúde assistiram dez pessoas em estado grave ou crítico.

Pelo menos duas pessoas morreram e outras 60 ficaram feridas este domingo numa sinagoga na zona de Givat Zeev, em Jerusalém oriental, quando caiu a bancada em que estavam sentadas, afirmaram os serviços de emergência israelitas.

O acidente aconteceu durante as orações em Givat Zeev, à saída da cidade, quando se iniciava o feriado judeu de Shavuot, na sinagoga repleta com centenas de fiéis.

O serviço de urgência Magen David Adom socorreu pelo menos 60 pessoas, dez das quais em estado grave ou crítico.

Segundo um porta-voz dos paramédicos, a estrutura não tinha ainda acabado de ser construída.

O comandante da polícia de Jerusalém, Doron Torgeman, frisou que "era proibido orar neste edifício".

O exército israelita deslocou para o local paramédicos e unidades de busca e salvamento, além de helicópteros para transportar feridos.

O autarca da localidade de Givat Zeev indicou que já tinha avisado que o edifício era perigoso, mas que a polícia ignorou os alertas.

No dia 30 de abril, uma debandada em massa durante um festival religioso no norte de Israel fez 45 mortos entre a comunidade ultra-ortodoxa.

*notícia atualizada às 22h22

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de