EUA anunciam novas sanções contra o Irão

Estados Unidos vão cortar milhares de milhões de dólares de apoio ao regime iraniano, em resposta aos ataques a bases aéreas norte-americanas como retaliação pela morte de Qasem Soleimani.

O secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, anunciou esta sexta-feira que os Estados Unidos vão impor novas sanções contra o Irão, em resposta aos ataques que "tinham intenção" de matar norte-americanos.

"Em consequência dessas ações vamos cortar milhares de milhões de dólares de apoio ao regime iraniano", disse Mnuchin numa conferência de imprensa conjunta com o secretario de Estado Mike Pompeo, na Casa Branca.

Os cortes vão incidir sobre oito oficiais sénior do governo e 17 dos "maiores produtores" de aço, ferro e cobre, um dos setores chave da economia iraniana, avança a Agence France-Presse.

As sanções "vão continuar até o regime parar de financiar o terrorismo mundial e comprometer-se a nunca desenvolver armas nucleares".

Por sua vez, Mike Pompeo reforça que Qasem Soleimani estava a planear ataques de larga escala contra embaixadas e outras instalações norte-americanas.

"Tínhamos informações específicas sobre uma ameaça eminente". Não ordenar o ataque que provocou a morte do general iraniano teria sido "negligente", afirma o secretario de Estado norte-americano, reiterando as garantias que deixou em entrevista ao canal Fox News.

"Não sabíamos exatamente quando nem exatamente onde. Mas era real [...] Havia uma possibilidade real e havia uma necessidade real. Nós tomamos a decisão certa. O presidente [Donald Trump] tomou a decisão certa", declarou Pompeo em entrevista ao canal de televisão esta quinta-feira.

Sobre o avião da Ukraine International Airline que caiu em Teerão 176 pessoas a bordo, Pompeo reitera que é provável que tenha sido atingido por um míssil.

"Acreditamos que é provável que o avião tenha sido abatido por um míssil iraniano. Vamos deixar a investigação acontecer antes de tomarmos uma decisão final".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A SITUAÇÃO DE TENSÃO ENTRE EUA E IRÃO

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de