Finlândia apreendeu várias obras de arte de museus russos

Os três lotes de peças de arte apreendidas, algumas do Hermitage, "incluem obras que não podem ser avaliadas, por terem um valor inestimável".

As autoridades finlandesas anunciaram hoje a apreensão de várias obras de arte de museus russos, que transitaram pelo país, no âmbito das sanções europeias contra Moscovo, no valor de mais de 40 milhões de euros.

Os três lotes de peças de arte apreendidas, algumas do Hermitage, "incluem obras que não podem ser avaliadas, por terem um valor inestimável", disse o diretor do departamento de fiscalização alfandegária, Hannu Sinkkonen, citado pela agência France Presse.

Tendo em conta o seguro das obras, as pinturas, estátuas e outras peças antigas foram estimadas num total de 42 milhões de euros, disse o responsável.

As autoridades finlandesas permaneceram discretas sobre as obras em questão, mas confirmaram que algumas pertencem ao famoso museu Hermitage, em São Petersburgo.

As obras voltavam para a Rússia, via Finlândia, depois de serem emprestados a museus em Itália e no Japão.

A alfândega afirmou que a transferência para a Rússia corre o risco de violar as sanções impostas pela União Europeia em meados de março, após a invasão da Ucrânia.

Dez pessoas são suspeitas de terem violado essas sanções, que incluem a venda, transferência ou exportação de bens de luxo, incluindo obras de arte, para a Rússia.

A apreensão ocorreu no passado fim de semana, no posto fronteiriço de Vaalimaa, no sudeste da Finlândia.

As obras serão armazenadas até que a situação seja esclarecida ou as sanções levantadas, explicaram as autoridades finlandesas.

A questão foi já abordada com o embaixador russo em Helsínquia.

"Profissionais foram consultados para movimentar e armazenar a mercadoria", garantiu a alfândega, prometendo não desfazer a embalagem de madeira em as obras foram acomodadas e transportadas.

Desde o início das sanções europeias, a alfândega finlandesa proibiu também que 21 iates zarpassem do país, tendo um deles sido já apreendido, segundo as autoridades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de