Rápido degelo dos glaciares cria novo mercado turístico no Alasca

Um estudo indica que 25 mil glaciares irão perder entre 30% a 50% da sua massa até ao final do século.

O rápido degelo dos glaciares devido às alterações climáticas criou um novo mercado para os operadores turísticos do Alasca, nos Estados Unidos.

O jornal Anchorage Daily News noticiou que as operadoras de várias empresas de turismo estão a registar um aumento em reservas de viagens de grupos que querem assistir ao recuo do único estado ártico do país.

Uma nova revisão dos dados de pesquisas publicada no Jornal da Glaciologia prevê que os 25 mil glaciares do Alasca perderão entre 30% e 50% de sua massa até ao final deste século.

As operadoras turísticas dizem que os turistas são oriundos da Austrália e de mercados emergentes como China e Índia.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de