Maior produtor mundial já fez 40 milhões de doses da vacina da AstraZeneca

Vacina que resulta da colaboração entre a AstraZeneca e a universidade de Oxford é uma das candidatas mais promissoras.

O Instituto Serum da Índia, o maior produtor mundial de vacinas, anunciou esta quinta-feira que já fez 40 milhões de doses da potencial vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca e que vai começar em breve também a produzir a vacina rival da Novavax.

A vacina da AstraZeneca, co-desenvolvida pela Universidade de Oxford, é a mais avançada na fase de testes em humanos na Índia e segundo avança a agência Reuters conta com mais de 1.600 voluntários envolvidos nos ensaios clínicos.

Já a vacina Novavax ainda está à espera da aprovação do regulador para dar início à última fase de testes.

A AstraZeneca prevê apresentar dados oficiais sobre a eficácia da sua vacina contra a Covid-19 até ao final do ano e está a aumentar a produção para fornecer centenas de milhões de doses a partir de janeiro.

A Comissão Europeia já assinou contrato com esta farmacêutica para assegurar a compra de 300 milhões de doses de vacinas para a Europa quando estas forem aprovadas pelas várias entidades reguladoras para utilização massiva.

Tanto a AstraZeneca como a Universidade de Oxford já se comprometeram a distribuir a vacina sem qualquer custo enquanto durar a pandemia. Depois, assim que a pandemia estiver controlada, a vacina vai continuar a ser distribuída gratuitamente aos países em desenvolvimento, mas os restantes terão de a comprar, a um custo "relativamente baixo".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de