Polícia desmantela site fraudulento que lesou mais de 200 mil britânicos

Os criminosos fingiam ser representantes de grandes bancos, apresentando números de telefone tidos como confiáveis, de modo a extrair dinheiro e códigos pessoais, via chamada telefónica ou SMS.

Um site fraudulento, utilizado para aceder a contas bancárias e extrair dinheiro, que lesou mais de 200.000 britânicos, foi desmantelado esta semana, no âmbito de uma operação internacional, anunciou esta quinta-feira a Scotland Yard.

Só no Reino Unido, mais de 100 pessoas foram presas, sobretudo, por fraude, entre as quais o responsável pelo 'site' iSpoof, Teejai Fletcher, de 34 anos.

De acordo com a polícia de Londres, contabilizaram-se mais de 200 mil vítimas no Reino Unido, que foram lesadas em dezenas de milhões de libras.

Através do iSpoof, os criminosos fingiam ser representantes de grandes bancos, apresentando números de telefone tidos como confiáveis, de modo a extrair dinheiro e códigos pessoais, via chamada telefónica ou SMS.

No total, realizaram-se mais de 10 milhões de ligações, a nível global, no último ano, 40% das quais para os Estados Unidos.

"A utilização de tecnologia por criminosos é um dos desafios mais significativos [...] no século XXI", assinalou o chefe da polícia de Londres, Mark Rowley, citado pela Agência France Presse (AFP).

Esta operação foi realizada em coordenação com a Europol, Eurojust e o FBI.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de