Polónia deteve um russo e um bielorrusso por espionagem

O material recolhido pelos serviços de informações militares polacos serviu de provas para a detenção dos dois homens.

Um homem russo e outro bielorrusso foram detidos na Polónia, na semana passada, acusados de espionagem a favor dos serviços de informações especiais da Rússia, informaram as autoridades de segurança polacas.

Stanislaw Zaryn, porta-voz dos corpos de segurança do Estado da Polónia, disse que o material recolhido pelos serviços de informações militares polacos serviu de provas para as detenções.

Os dois detidos estavam a recolher informações militares sensíveis, incluindo sobre a presença das tropas polacas perto da fronteira da Polónia com a Bielorrússia, segundo a mesma fonte.

Os homens foram detidos em momentos distintos, nos dias 21 e 22 de abril, e depois levados a tribunal que decidiu uma prisão de três meses.

Os procuradores de Varsóvia estão a desenvolver ainda investigações, mas se forem condenados, podem ter de cumprir penas de prisão de até 10 anos.

No mês passado, um cidadão espanhol foi detido na Polónia por acusações de espionagem para a Rússia, segundo a agência Associated Press.

As detenções ocorrem numa altura que a Polónia se posicionou claramente ao lado da vizinha Ucrânia, que resiste a uma invasão da Rússia, de quem a Bielorrússia é um aliado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de