Rebeldes iemenitas houthi lançam ataques na Arábia Saudita

Não foram registadas baixas devido aos ataques deste sábado.

Os rebeldes iemenitas houthi atacaram no sábado as instalações de uma companhia petrolífera estatal saudita, a Aramco, bem como outros alvos no sudoeste do país, utilizando drones e mísseis balísticos e de cruzeiro.

A informação foi avançada pela agência notícias saudita SPA, que cita a aliança militar liderada por Riade.

Apesar dos ataques, não foram reportadas quaisquer baixas.

A Arábia Saudita também intercetou um míssil balístico que tinha como alvo Jazan, no sudoeste do país, bem como outro ataque destinado a atingir uma fábrica de gás liquefeito da companhia petrolífera estatal em Yanbu, no Mar Vermelho, também segundo a SPA.

Os ataques constituem uma rejeição dos esforços e iniciativas de paz propostos pelo Conselho de Cooperação para os Estados Árabes do Golfo (CCG) para pôr fim à guerra que eclodiu em 2015.

"O apelo ao diálogo por parte dos países que lideram a agressão vem da capital que a lidera", disse o chefe do Governo de Salvação Nacional do Iémen, Abdulaziz bin Habtur, numa resposta à proposta do CCG.

A aliança militar liderada por Riade, que tem apoiado o Governo internacionalmente reconhecido contra os rebeldes houthi desde 2015, disse que "estes ataques hostis são uma rejeição dos esforços e iniciativas de paz".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de