Rússia diz ter destruído grande armazém de mísseis antitanque estrangeiro

Os mísseis russos terão atingido"um grande armazém de sistemas de mísseis antitanque fornecidos a Kiev pelos Estados Unidos e por países europeus.

A Rússia afirmou este domingo ter destruído com mísseis 'Kalibr' de longo alcance um grande armazém de sistemas de mísseis antitanque fornecidos a Kiev pelos Estados Unidos e por países europeus na região de Ternopil, no oeste da Ucrânia.

Os mísseis foram lançados do mar sobre a cidade de Chortkiv, disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov, no seu relatório matinal sobre a guerra.

Segundo o responsável, os 'Kalibr' atingiram "um grande armazém de sistemas de mísseis antitanque fornecidos ao regime de Kiev pelos Estados Unidos e por países europeus, além de sistemas portáteis de mísseis antiaéreos e projéteis de artilharia para sistemas de armas".

Além disso, de acordo com Konashenkov, durante o último dia foram lançados pelo ar mísseis de alta precisão que atingiram dois postos de comando e 15 áreas de concentração de soldados e equipamentos militares das Forças Armadas da Ucrânia.

Esses mísseis destruíram, segundo a Rússia, um lançador de sistema de mísseis antiaéreos Buk-M1 perto de Barvinkove, na região de Kharkov, e uma estação de radar de controlo do espaço aéreo perto de Sloviansk, na região de Donetsk.

Atingiram ainda um radar para detetar e rastrear alvos do sistema de mísseis antiaéreos S-300 nas proximidades de Krivoy Rog na região de Dnipro, bem como duas baterias de sistemas de mísseis de lançamento múltiplo em dois locais nas regiões de Donetsk e Lugansk.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de