Sentimento económico na Europa recupera 60% das perdas até agosto

A recuperação de 5,3 pontos do indicador na zona euro em agosto resultou de "uma melhoria sustentada da confiança na indústria, no comércio a retalho e, em particular, nos serviços".

O indicador de sentimento económico na zona euro e na União Europeia (UE) recuperou até agosto cerca de 60% das perdas históricas verificadas em março e abril motivadas pela covid-19, divulgou esta sexta-feira a Comissão Europeia.

Segundo os dados publicados esta sexta-feira de manhã pela Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros (DG ECFIN), o indicador de sentimento económico registou em agosto "aumentos acentuados na zona euro, de mais 5,3 pontos, para os 87,7 pontos, e na UE, de mais 5,0 pontos, para os 86,91 pontos", o que leva a que "em ambas as regiões o indicador já tenha recuperado cerca de 60% das perdas combinadas de março e abril".

De acordo com a direção-geral, a recuperação de 5,3 pontos do indicador na zona euro em agosto resultou de "uma melhoria sustentada da confiança na indústria, no comércio a retalho e, em particular, nos serviços".

Entre as maiores economias da zona euro, o indicador registou aumentos significativos em agosto em França (+9,3 pontos), na Holanda (+7,1) e na Alemanha (+5,9), tendo recuado em Espanha (-2,5 pontos).

Em Portugal, o indicador progrediu 1,3 pontos, para os 85,9 pontos, revelam os dados publicados pelo executivo comunitário.

A DG ECFIN nota que também o indicador de expectativas de emprego melhorou pelo quarto mês consecutivo, progredindo 2,9 pontos no espaço da moeda única, para os 89,6 pontos, e 2,7 pontos no conjunto dos 27 Estados-membros, para os 89,5 pontos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de