Só usa máscara quem quer. Reino Unido entra na última fase do desconfinamento

Reabrem também os negócios que ainda estão de portas trancadas, como é o caso das discotecas.

Esta segunda-feira, o Reino Unido entra na última fase do desconfinamento, apesar de o número de novos casos diários ter ultrapassado os 50 mil esta semana.

A partir de agora, só usa máscara quem quer, seja em lojas ou transportes públicos. No já apelidado dia da liberdade, terminam também as regras de distanciamento social bem como os limites de pessoas em ajuntamentos em espaços abertos ou fechados.

Reabrem também os negócios que ainda estão de portas trancadas, como é o caso das discotecas.

O governo britânico aposta na responsabilidade pessoal de cada um em vez de obrigações legais.

Na prática, ninguém é obrigado a usar máscara, mas o governo pede que continue a fazê-lo.

O executivo de Boris Johnson confia na eficácia das vacinas e no facto de quase 90% dos adultos já ter tomado pelo menos uma dose e quase 70% ter tomado a segunda.

No Governo, reina o otimismo, mas são muitos os cientistas que alertam para os riscos.

Afinal, há milhões de pessoas já vacinadas, mas também há outros milhões que ainda não têm vacina nenhuma. Uma preocupação que aumenta ainda mais, tendo em conta o número diário de novos casos.

Na semana passada, foram vários os dias em que Reino Unido contabilizou mais de 50 mil, números que já não se viam desde janeiro, mas que o Governo diz estarem de acordo com as previsões e que comprovam que as vacinas enfraquecem a ligação entre novos casos e doença grave, porque, apesar do elevado número de contágios, o número de internamentos e mortes continua baixo, embora esteja também a aumentar.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de